O objetivo do Curso de Agronomia da FACC – Faculdade Concórdia é formar profissionais preparados para atuar em um mercado de trabalho competitivo e dinâmico, no qual a geração e utilização de novas tecnologias são fatores primordiais ao pleno exercício profissional. Assim sendo, devem estar capacitados para o exercício profissional e para a pesquisa de novas tecnologias, permitindo-lhes, assim, orientar e promover uma eficiente administração da empresa rural, utilização do solo, do meio ambiente, da produção animal e vegetal e comercialização de produtos agropecuários, utilizando métodos e processos adequados à solução de problemas e à promoção do desenvolvimento sustentável.

Como objetivos específicos, o Curso de Agronomia da FACC – Faculdade Concórdia busca:

  • Planejar e dirigir serviços relativos à engenharia rural, abrangendo máquinas e implementos agrícolas, irrigação e drenagem, construções rurais, geodésica, topografia, sensoriamento remoto e geoprocessamento;

  • Elaborar, coordenar e executar projetos que visem à implantação de métodos e práticas agrícolas com a finalidade de explorar de modo sustentável os sistemas de produção vegetal, abordando aspectos de melhoramento vegetal, práticas culturais, experimentação, ecologia e climatologia agrícolas;

  • Planejar, coordenar e executar projetos de produção animal, abordando o melhoramento, manejo e nutrição;

  • Planejar, executar, supervisionar e orientar programas para o manejo e controle de doenças, pragas e plantas daninhas à produção vegetal;

  • Planejar, coordenar e executar programas referentes à ciência do solo, nas áreas de gênese, morfologia, classificação, fertilidade, biologia, microbiologia, uso, manejo e conservação;

  • Planejar, orientar, executar e supervisionar a implantação, produção e manejo de espécies florestais, nativas e exóticas, bem como o estabelecimento de viveiros florestais;

  • Planejar, coordenar e executar projetos e ações de caráter socioeconômico, bem como desenvolver a consciência e responsabilidade social, utilizando-se dos conhecimentos da sociologia, comunicação, política, economia, administração, comercialização, legislação e educação, a fim de promover a organização e o bem estar da população;

  • Analisar, avaliar, orientar e fiscalizar o processo de produção, beneficiamento e conservação de produtos de origem animal e vegetal;

  • Planejar e desenvolver atividades de gestão ambiental relacionadas aos recursos naturais renováveis e não renováveis;

  • Gerar e difundir conhecimentos, métodos e técnicas de produção e administração, envolvendo o ensino, a pesquisa e a extensão na área da Agronomia;

  • Atuar no âmbito da agricultura familiar buscando a sustentabilidade, com ênfase no enfoque agroecológico e na proteção ambiental;

  • Promover o resgate e a valorização do etnoconhecimento, integrando o saber informal ao saber acadêmico, respeitando os anseios, necessidades, limitações e potencialidades regionais nas práticas agronômicas.

 

Perfil do profissional

O perfil do formando do Curso de Bacharelado em Agronomia está em consonância com o estabelecido na Resolução Nº. 1, de 02 de fevereiro de 2006, a qual estabelece as Diretrizes Curriculares do Curso de Bacharelado em Agronomia e que assim orienta:

a) Sólida formação científica e profissional geral que possibilite absorver e desenvolver tecnologia;

b) Capacidade crítica e criativa na identificação e resolução de problemas, considerando seus aspectos políticos, econômicos, sociais, ambientais e culturais, com visão ética e humanística, em atendimento às demandas da sociedade;

c) Compreensão e tradução das necessidades de indivíduos, grupos sociais e comunidade, com relação aos problemas tecnológicos, socioeconômicos, gerenciais e organizativos, bem como utilização racional dos recursos disponíveis, além da conservação do equilíbrio do ambiente;

d) Capacidade de adaptação, de modo flexível, crítico e criativo, às novas situações.



Mercado de trabalho

O campo de atuação de um engenheiro agrônomo é diversificado e com crescente demanda por profissionais. Isso porque uma boa parte do agronegócio é gerada por esses profissionais. Um campo de atuação em desenvolvimento é o gerenciamento de alimentos, sementes, adubos e equipamentos tanto por empresas exportadoras quanto importadoras.

Tradicionalmente, boa parte dos engenheiros agrônomos segue para o gerenciamento de grandes propriedades rurais, que ainda hoje é um campo com um alto índice de contratação. Paralelamente, as exigências legais propostas pelo novo Código Florestal e outras leis estabeleceram diversas demandas relativas à preservação do meio ambiente e dos recursos naturais.

Outro campo que proporciona excelentes oportunidades de trabalho é a produção de orgânicos, cuja demanda vem crescendo de forma significativa nos últimos anos.

Investimento

Valor do crédito 2017: R$56,00
Quantidade de créditos na 1ª fase: 24
As mensalidades são em número de 6 (seis) parcelas no semestre, a primeira parcela será efetivada no ato da matrícula.
Os valores das mensalidades sofrem reajuste anual.

Coordenação

Profa. Dra. Laudete Maria Sartoretto
Fone: (49) 3444-5006
E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Portaria

 VEJA A PORTARIA Nº 891 DE 29 DE DEZEMBRO DE 2016.